terça-feira, 5 de junho de 2018

Nanocontos 3 - do terror ao humor




Uniu todas as histórias de sua vida e fez um balanço. Depois, sentou-se nele.

* * *

Foi o primeiro a sentir o cheiro de fumaça. E o primeiro a ser engolido pelas chamas.

* * *

Caminhava tranquilo calçada afora quando foi atingido por uma placa de anúncio. Foi tudo tão inesperado que não chegou a dar um pio. Não houve tempo nem para isso.

* * *

Ninguém entendia o motivo dos pais terem dado ao filho o nome de Maligno Benfeitor. Achavam o paradoxo em pessoa. Se bem que nós humanos...

* * *

Aquela manhã fria, chuvosa e ventosa, tinha tudo para ser só mais uma manhã igual a tantas outras manhãs frias, chuvosas e ventosas. E foi.

* * *

Padecia com a perseguição de diversos animais: moscas volantes nos olhos, zumbidos de cigarras nos ouvidos, rangidos de tigres nos dentes... Ele estava bichado pelo jeito.

* * *

Stênio vivia sempre tão mal-humorado, que todos o achavam engraçado. Ele, lógico, não via graça alguma nisso.

* * *

Após uma confissão de traição, Torquato surtou, pegou uma faca e esfaqueou a esposa dezenas de vezes. Tudo em pensamentos. Depois, acalmou-se.

* * *

Sofria de falta de ar com frequência. Até se acostumou. Mas teve um dia fatídico em que o ar resolveu não dar o ar da graça.

* * *

O maior medo de Dona Ondina era passar mal na rua e ser levada ao hospital, justo quando estivesse com uma calcinha velha. Ironia do destino, foi exatamente isso que aconteceu.

* * *

Reformou a casa e fez um segundo piso com uma escada caracol bem estreita, para caber em seu orçamento apertado. Obra concluída. Só daí deu-se conta que não teria como levar a mobília para cima.

* * *

No condomínio, o volume altíssimo da televisão de um morador, quebrou o silêncio da madrugada. Incomodado, um vizinho abriu a janela e começou a berrar  ordenando que abaixassem o som. Acabou acordando o prédio inteiro.

* * *

Ofélia tinha pouca imaginação e não enxergava nenhuma figura nas nuvens. Como as pessoas conseguiam tal feito, era algo que ela não conseguia imaginar.





Confiram também as postagens anteriores:





Beijos e abraços a todos! 


11 comentários:

  1. Ah, maravilhosos, todos! Mas o meu preferido, sem dúvida, é o da manhã que tinha tudo para ser como as outras, e foi.

    Abraços e boa semana pra ti 😘

    ResponderExcluir
  2. Muito bons!Ótima leitura,bem agradável! Fazia tempo não aparecias! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Seja bem regressada.
    E foi um regresso muito feliz.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Rosa, genial moça!!
    Como você escreve lindamente, colocando toques de humor inteligente em um texto impecável!!
    Eu morri de rir, me diverti muito e fiquei impressionada com o seu talento para a escrita!
    Já li muitos trechos de suas obras, mas a próxima é sempre mais surpreendente do que a anterior!!
    E esta não foi diferente!!
    PARABÉNS!! Me deliciei com cada palavra, com cada letra ...

    Obrigada!!
    Beijos e um lindo restante de semana querida!! :))

    ResponderExcluir
  5. Como alguém consegue escrever tanto em tão pouco...?
    - Talento! Quando se tem muito, pouco é preciso para ser muito! Rosa é imensa!

    ResponderExcluir
  6. Rosa,
    Obrigada pelo comentário
    Abraçõs
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  7. Oi, Rosa, sempre muito te ler... e concordar com todas as palavras.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Rosa, adorei conhecer seu trabalho , sua veia poética esbanjando humor e talento! Parabéns!

    Feliz domingo!
    Bjs!

    https://blogandocoletivamente.blogspot.com/2018/06/vamos-brincar-com-chica-n-20.html

    ResponderExcluir
  9. rssss, muito bom, amiga!!! Estava com saudades da tua escrita, do teu talento! Mas custou a voltar, heim???? Vê se fica nos presenteando com seus contos, suas crônicas e não desapareça mais.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Rosa, eu me divirto com esse seus maravilhosos nanocontos. Eu gostei de todos, mas teve alguns que me fizeram dar uns tantos de risadas. Desses, os que mais se destacaram para mim foi da Dona Ondina, olha eu rindo da desgraça dos outros, e do condomínio.
    E aí, quando vai lançar o próximo livro? Já estamos carentes de suas histórias. Me avisa quando for lançar, quero ajudar a divulgar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia de domingo dia dos pais
    que seja festa aos pais vivos, e que
    Deus proteja os que estáo com eles,
    agradeço sua amizade e deixo
    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir