quinta-feira, 24 de março de 2011

Toque-me!


Partitura aberta. No palco o piano espera
Da plateia ouvem-se rumorejos buliçosos
Corpos sequiosos pelo início do concerto

No interior, as cordas se agitam excitadas
Todas afinadas e prontas para os acordes
Tesas, no intervalo  que  antecede o toque

♫  ☼  ♫

Silêncio. O pianista surge. Meia-luz  em foco
Melodiosa sinfonia mansamente lírica ressoa
Tesouro  de  sons  tombando sobre as teclas

Breve, semibreve, sobre si, um fá, lá, sem dó
Longos dedos hábeis fazendo vibrar até o Sol
Contagiando os ouvidos, iluminando as almas

E as notas vão gemendo, subindo, deliciando,
extasiando  o  público, que em deleite sonoro,
levanta-se,  aplaude  e  grita: Bravo!  Bravo!...

♫  ☼  ♫ 

23 comentários:

  1. Belíssimo concerto , letras harmoniosas que dançam ao som de um piano, amei!
    bjs Taís

    ResponderExcluir
  2. Nossa que lindo! Quase deu pra escutar os acordes daqui

    Adorei seu comentário , o anoitecer se deu bem rsrs

    Bom fim de semana, Rosa

    ResponderExcluir
  3. Lindo...lindo...Rosa! Poesia perfeita imagem perfeita!

    Uma excelente tarde para você e um maravilhoso fim de semana. bjs

    ResponderExcluir
  4. Sou apaixonado por esse seu jeito de escrever, eu sinto a suavidade embriagada, sinto o toque da música.

    Gosto dessa leveza e ao mesmo tempo a pegada, o puxão de cabelo e arranhões de unhas, gosto demais dos seus escritos Rosa!!

    Te amo menina!!

    Um beijo enorme e um ótimo fds!

    Nos encontramos no Alma.

    Vini

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Vô ti contá viu...
    Se eu estivesse aí as notas sairiam todas esganiçadas... ahuhaua
    =*

    ResponderExcluir
  7. Minha querida

    Simplesmente belo este poema, adorei.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  8. É a dança da melodia, teclas soltas no ar...asssim sinto seus sentimentos, na suavidade de um piano.

    Estudei piano por 10 anos e aqui estou diante de um instrumento q vc me fez tocar de forma diferente.


    mil beijos!

    ResponderExcluir
  9. Kiidinha ..enfim atualisei meu blogger fantasia de amor !!
    com um poeminha bem caliente kkk aparece vidinha!!!!feliz fds beijokinhas estaladinhas kkk
    http://fantasiadeamor.zip.net

    ResponderExcluir
  10. Minha cara Rosa dos versos! Agora és mais que isso, és também dos acordes que não me lembro de ter vistos tão sonoros e audíveis em outra obra escrita.Um concerto de gala da maestrina Rosa Mattos.Amiga teu poema é tão belo e tão bem escrito que eu me recuso comenta-lo. Vou ficar aqui relendo e ouvindo a música suave que emana dele.Parabéns! Saudações Poéticas - Mario Neves

    ResponderExcluir
  11. Minha amiga adoravel, que encanto de acordes..parece que sinto o som do piano me embriagando ao som da melodia..eta estou poetando hj..Amiga adoro seus escritos.Ah! lembrando de um comentario teu sobre o filme Cisne Negro, então fiquei curiosa pra ve-lo, mas acredita aqui na cidade o cinema faliu..inaugurou um novo Shopinng mas esqueceram de inaugurar as salas de cinemas..todo mês fala-se de inauguração e nada..tô bonita na fita né? sem cinema, net ruim e moro na roça..kkkkkk é de pirar..mas então baixei o filme pela net do trabalho..por isso ñ posso ficar sem trabalhar se não como usar net boa! rsrs..gostei do filme mas poxa que obsseção pela perfeição que a bailarina tinha..deu a vida por isso..valeu a dica do filme..bom tem selo de Páscoa pra ti em meu blog.Pra não esticar mais esse jornal deixo um abração pra vc..

    ResponderExcluir
  12. Música de piano..una Rosa...solo falta..un..TE AMO..
    Un placer leer tan bellas letras.
    Te saludo desde Cali-Colombia

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Sua poesia é como a música... suave, melodiosa cheia de harmonia e encantamento.
    Boa semana!
    Beijinhos.
    ♫♫.•*¨*•♫♫¸
    ღ°ºMinas♫º
    ♥º

    ResponderExcluir
  14. linda poesia, adorei. gostei muito tbm da sua visita na Sociedade dos Poetas Mortos. Bjos e abraços Kleber J G Martins http://poetasocio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Bom dia querida,

    Vim te deixar meu carinho...

    *****

    Ainda falta muito no Ostra, vai haver a enquete e nos votos é q a conquista vai estar.

    mil beijos!

    ResponderExcluir
  16. Música e poesia não vivem uma sem a outra. Teu poema está gracioso e enquanto o lia, era quase como se eu pudesse escutar os violinos começando um concerto, sendo as poucos acompanhados dos outros instrumentos.
    Bravo, bravo, pela sua maravilhosa inspiração.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga..
    Um feliz final de semana .
    Amada você é destaque da
    quinzena no Fonte De Amor.
    O destaque esta na sala ,Presentes Seus,
    A esquerda do blog.
    beijos te amo,,Evanir..
    Te Amo Muito Amiga..
    www.fonte-amor.zip.net

    ResponderExcluir
  18. Encantador.
    E no silêncio o entrelaçar das notas - cheias, colcheias, fusas e semi-fusas...
    Claves de Sol, de Dó e os corpos ávidos por dançar.
    Belíssimo...
    Abraços

    ResponderExcluir
  19. Belíssimo poema... delicioso!
    Ótimo seu blog, Rosa.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Oi Rosa amei...muito lindo....um gde beijo amiga.....

    ResponderExcluir
  21. Emoção de paz e carinho para os meus ouvidos!!! Parabéns! Um beijo de luz na sua mente! :)

    ResponderExcluir
  22. Bravo, Bravo, Bravo, grita a platéia em uníssono, como se fizesse coro aos acordes finais, como se as notas musicais tivessem ficado dentro e cada um, embalando sentimentos escondidos, uns talvez, de lembranças risonhas, outros, quem sabe de vazio e de prantos que os olhos, por vergonha não querem
    chorar. Bravo, Bravo. Bravo quem em TOQUE-ME, escreveu essa relíquia. Rosa, um abraço. Lindo,

    ResponderExcluir