sábado, 7 de março de 2020

Quebrando a cabeça


Olá, blogueiros! De vez em quando eu me ausento por um tempo prolongado, mas como sou apegada a este espaço tão querido pra mim (e sinto saudades de todos vocês), sempre retorno. Ainda assim, desculpe pelo sumiço.

Em janeiro/2018 montei meu primeiro quebra-cabeça (Paris, 1000 peças). Gostei tanto que não parei desde então. Já tenho até o momento 46 (nacionais e importados) e ainda não enjoei, como pensei que aconteceria. A cada um que eu compro digo que será o último. Mas, que nada! E lá vou eu comprar outro, depois outro e aiai...já estou com a estante lotada, de livros e puzzles, minhas duas paixões.









Criei uma fanpage AmoPuzzles, onde mostro meus quebra-cabeças.

Sigo escrevendo e preparando novos livros para lançamento. 
O importante é não deixar o cérebro mofar, não é mesmo? rs

Beijos e abraços!

♥Espero que estejam todos bem, assim como eu♥






9 comentários:

  1. Que lindos teus trabalhos e é um bom modo de a cabeça movimentar! Não tenho espaço,nem paciência,rs Gosto de ver pronto, montado,r beijos, lindo nosso dia amanhã! chica

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, chica. Verdade, uma excelente terapia. Ah, rsrs, precisa ter bastante paciência mesmo. E depois de pronto, desmonto tudo e guardo na caixa novamente pra mais adiante montar de novo. hehe* Não emoldurei nenhum ainda. Beijos pra ti. Igualmente/♥

    ResponderExcluir
  3. Bom dia de sábado, querida Rosa!
    Cada uma de nós deve procurar fazer o que gosta. Muito boa iniciativa sua
    Tenha um final de semana abençoado e feliz!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo sábado pra você, Roselia!
      Realmente, ter um passatempo prazeroso só nos faz bem.
      Obrigada/Beijos carinhoso/Feliz fds♥

      Excluir
  4. ó Rosa ! Tem mesmo um com a imagem da praça granda de Bruxelas ,a minha terra
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Retomando as rotinas depois de uma semana em correria em Portugal.
    Boa semana

    ResponderExcluir
  6. Sempre tão bom ler seus contos...estava com saudade.

    Um abraço

    ResponderExcluir