terça-feira, 25 de setembro de 2012

Crise de Ciúmes


 


As bengalas lisas indignaram-se ao serem preteridas pelas bengalas envergadas e fizeram um motim. 

Em fila indiana, marcharam até a praça central da cidade e iniciaram a manifestação.

Tão logo souberem do fuzuê, as bengalas envergadas fizeram o mesmo.

O bengaleiro, representante da Indústria de Bengalas, Bastões, Cajados e Afins, foi enviado pelo Prefeito, na tentativa de apaziguar a balbúrdia formada na praça.

O confronto entre as duas tribos de bengalas gerou ainda mais confusão. Bordoadas pra lá, bordoadas pra cá. Ninguém se entendia.

Aos gritos, o bengaleiro pede para cada grupo se colocar em um lado distinto, de forma ordeira e pacífica.

— As bengalas lisas, que foram esquecidas pelo nosso honorável e estimado professor em seu tema literário, postem-se todas à direita.

— As bengalas envergadas, que foram elevadas ao mais alto grau de destaque, posicionem-se à esquerda.

Duas horas, quarenta minutos, doze segundos e duzentas cacetadas depois, as filas estavam formadas.

Logicamente as reclamantes tentaram se pronunciar primeiro, tal era o visível descontentamento geral. 

— Só porque somos lisas, não merecemos ser o tema do concurso? É ultrajante! – esbravejou uma bengala marrom, lisinha, lisinha.

— Pois nós, as envergadas, é que sempre fomos discriminadas por todos, nada mais justo sermos agora homenageadas dessa forma. Vocês estão é com inveja, isso sim!

— Discordo! Nós, as bengalas lisas temos sofrido muito mais. Reclamam de nosso acabamento ser escorregadio e causar inseguranças e pequenos incidentes. Queremos igualdade!

Atônito, neste momento o bengaleiro intervém na discussão.

— Acalmem-se! Há espaço para todas. Só precisam ter paciência e chegará sua vez de ficar em evidência. Não vejo motivo para tanta ciumeira. Por favor, voltem para seus armários!
   
Tarde demais. A baderna já estava formada. Os grupos se misturaram, num confronto surreal. Cajadadas para todo lado. Lascas de madeira voavam, naquela "surubada bengalística".  

E quando tudo parecia fora de controle e que nada pior poderia acontecer, eis que surgem dezenas de tigres de bengala e botam todos pra correr.

41 comentários:

  1. Boa noite minha amiga,querida, como está? Humm ciúmes sempre acaba em confusão. kkkk Amiga,tá sumidinha hein? kkkk Xiii com certeza ocupada na divulgação do seu novo livro não é? Rosa, espero que esteja saindo tudo a contento pois você merece. É uma escritora de primeira grandeza. Bem minha querida, vim só matar as saudades. Boa semana com muitas realizações e alegria. Beijokas

    ResponderExcluir
  2. Crise de ciúmes
    Entre bengalas lisas e vergadas
    Foram tantos os queixumes
    Que se envolveram à cacetada!

    Lá na praça à bordoada
    Foi tamanha a confusão
    O bengaleiro na parada
    Teve que tomar a decisão!

    As mandou por favor
    Recolher a seus armários
    Esse ciúme provocador
    Que deu origem a comentários!

    Boa quarta-feira para você,
    amiga Rosa Mattos, e tenha cuidado com as bengalas?
    um bjo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  3. Uma forma muito original de contar.Parabéns, gostei demais.Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muito engraçado, muito imaginativo, muito bom!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Adorei o conto e o final inusitado e engraçado! beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo seu belo Blog....venha participar do meu....Beijos

    ResponderExcluir
  7. Adorei, muito bom e engraçado!!
    http://www.perolasebotoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  8. Olá!Bom dia!
    Rosa!
    ..ah adorei o conto...divertido demais!
    ...o mundo é realmente quase sempre muito igual até quando se julga muito diferente! As máscaras e os rótulos tornam os seres humanos desiguais. Ah! se não houvesse tantas máscaras e tantos rótulos, o mundo e as relações entre as BENGALAS seriam, por certo, muito diferentes e sem ciúmes...
    Bom final de semana!
    Obrigado!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Rosa, muito criativo o texto, as bengalas se rebelando, imagina se a moda pega, rsrs as bengalas eram antigamente acessório masculino hj em dia só qdo precisam as pessoas usam elas perderam a majestade de outros tempos, bacana o texto, parabéns! Bjooss

    ResponderExcluir
  10. Rosa, parabéns pela criatividade! Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkkkk que bom ler assim... rindo aqui amiguinha...
    Passando pra deixar meu carinho.. uma linda semana..
    beijosss

    ResponderExcluir
  12. Oie cheguei doladinha kkkkkkkkkkkkk foram bengaladas para todos os lados ..muito legal seu conto kiida ..como todos que já li!!!Bem kiida..estava curtindo uns dias com Edu no meu apê em Cabo Frio..foram dias magnificos..tem fotos no meu cantinho do pooh!!!E postei tb um poemão no fantasia de amor..passe lá !!!!
    Não deixe nada pra depois, não deixe o tempo passar. Não deixe nada pra semana que vem porquê semana que vem pode nem chegar.Bitucas e feliz semaninha !!

    ResponderExcluir
  13. Rosa estou de casa nova e espero sua sugestão de como deixa-lo ainda melhor. Aproveitando para desejar-lhe um otimo final de semana. Um abraço Dado.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Rosa! Adorei o texto. Você abordou um tema bastante complicado de uma forma poética e descontraída e o final foi ótimo. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. oi linda.adorei o conto,leve e delicioso de ler.
    parabéns.
    sucesso

    ResponderExcluir
  16. A conheci em "Vendedor de Ilusão" e fiz parte dos poetas por ele escolhidos.
    A vim visitar e conhecer e gostei do que encontrei. Escreve de uma forma,
    extremamente, interessante e bela.

    Maria Luísa Adães

    ResponderExcluir
  17. Olá Rosa, minha querida amida, bom dia!
    Hoje, já com saudade, publiquei o encerramento do Prosas Poéticas registrando, de público, a minha opinião e meu agradecimento a todos os participantes do evento e dediquei um em especial a você! Se puderes, dê uma olhada.
    De qualquer forma, já que estou por aqui, queria aceitar meu agradecimento por sua participação, que, além de dignificante e honrosa, foi brilhante. Saibas também de que não foi só lisonja que a mim causaste, – foi muito além; senti júbilo por ter tido a felicidade e a oportunidade de divulgar sua admirável criação...
    Beijos e até mais!

    ResponderExcluir
  18. OI ROSA!
    VENHO LÁ DO NOSSO AMIGO "VIVIANI", QUE ESTÁ AÍ, BEM PERTINHO, PARA TE DAR OS PARABÉNS PELO INCENTIVO QUE NAS PALAVRAS DE J. R. FORAM ESSÊNCIAS, PARA A REALIZAÇÃO DO "I° PROSAS POÉTICAS",QUE VENHAM OUTROS NÉ AMIGA?
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  19. Oi, Rosa!!!
    Teus contos são interessantíssimos!!! Gostei demais de tudo o que li por aqui, e te parabenizo pelo grande talento. Grata pela amável visita!!! Beijão!!!

    ResponderExcluir
  20. Belos contos e lindo blog. Parabéns pela prosa poética no Vendedor de Ilusão..

    ResponderExcluir
  21. ¡¡¡Gracias Mil!!! Por tan bello y cariñoso comentario efectuado en mi Poesía "Artesano de Pasos" en Prosas Poéticas de nuestro Amigo "Vendedor de Iluaso"
    Me gustaría convertirme en Seguidor de tu blog, si no te importa. Un Espacio lleno de Magia, Sentimiento y Sensaciones.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  22. Rosa, querida amiga, seu conto traz sua marca criativa, envolvente.
    Parabéns!! Desejo-lhe uma feliz semana!!Beijos

    ResponderExcluir
  23. Rosa, admiro cada vez mais sua criatividade..acho incrível como vc bola histórias de coisas tão simples...parabéns,Rosa!Amei o texto!

    ResponderExcluir
  24. Gostei muito do seu Blog. É de conteúdo admirável e estimulante. Parabéns pela iniciativa e prometo visitá-la mais vezes. Um abraço!

    Jadson S. Vieira
    http://jadsonsvieira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. (span) boa noite, criei juntamente com a amiga Nadja em meu site www.dado.pag.zip.net um espaço para os aniversariantes blogueiros. Convido vc a participar deixando um carinho em forma de comentáriopara as amigas Tatiane Bertolini do casinha das gifs, Lane, Marcia Rocha e Juliana do Palacio real que comeram seus aniversarios esta semana. clique em ANIVERSARIOS e depois em FELICITAÇÕES para comentar.

    ResponderExcluir
  26. Oie queridinha tudo em riba kkkkkkk..eu com muitas saudades de Drikinha ainda bem que existe net..e nextel .....para matar um pouco as saudades !!!Uma feliz semaninha..e tem postagem nova no kitutes da nadjinha ..receitinha da nossa amiguinha Dulcinea ...vai lá beijokinhas!!!

    ResponderExcluir
  27. Oi Rosa.

    Depois de ver essa "surubada bengalística" o que mais pode ser dito. :-D

    BOM FERIADO, querida!!!

    ♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥


    (¯`·._.·[ Criss ]·._.·´¯)

    ResponderExcluir
  28. Olá, Rosa!

    Que bela alegoria neste conto. Bengalas insatisfeitas são um perigo em tempos como estes, ainda mais quando se esquecem da sua real utilidade. Ainda bem que os tigres de bengala as fizeram ver essas devidas utilidades, afinal alguém deve ser a voz do poder e da razão, num mundo em que as pessoas só veem o próprio umbigo.

    Abraço,

    Aureliano.

    ResponderExcluir
  29. Ah! o ciume causa cegueira.Lindo texto.beijos Mary

    ResponderExcluir
  30. Roa tudo bem? eu estou bem, apenas dei uma sumida necessária, isso é vindo exploraticamente na rede, mas emfim aqui estou eu,lendo esse conto interessante, que só você sabe escrever tão bem.Atrasada pois eu nem sabia que tu tinhas lançado outro livro parabenizo você e desejo muito sucesso. Boa semana doce Rosa..Bjs

    ResponderExcluir
  31. Corrigindo é Rosa tudo bem? poxa parece que desaprendi a usar o teclado..rs.. bjs

    ResponderExcluir
  32. Teu humor me diverte... Tuas metáforas me arrepiam!

    Grande abraço,
    André

    ResponderExcluir
  33. INACREDITAVEL QUE O TIGRE CURE ESSE GRANDE PROBLEMA DA SOCIEDADE!
    NEM A BENGALADA?.....MESMO QUE SEJAM TIGRES!....

    ResponderExcluir
  34. Lindo conto, cativante e divertido! Parabéns pelo que escreves, e pelo blog! Sucesso!
    Se puder visitar, rededeinsanos.blogspot.com & eraoutravezmaisumavez.blogspot.com

    Abs,

    ResponderExcluir
  35. Oieeee Rosinha preciso ver o seu livro, não esqueci não. Olha eu aqui no cvc em ação kkkk também, estou com dificuldades em acessar alguns blogs por conta da minha Net Lerd rs para variar, mas deixo aqui o meu carinho de sempre tá para você. Não vou dizer que tá tudo lindo, não vou dizer que está um espetáculo, que tudo isso você á sabe mesmo né.

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  37. Muito divertido.
    Amei seu blog.

    Volto depois com calma pra conferir tudo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  38. Que Doce surpresa encontrar este Blog, estou adorando tudo que estou vendo aqui. Estou Seguindo. Depois da uma conferida no meu blog também, espero que goste.
    http://agarotadesapatosvermelhos.blogspot.com.br/
    Abraços

    ResponderExcluir
  39. Rosa sempre que posso venho te visitar e hoje vim ler este maravilhoso trabalho.Aplausos pela criação !Bj de violetas

    ResponderExcluir